Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Fotograafia’

O sol bate no mozaico…

...e revela a sua própria imagem.

Quem a visse naquele momento, imaginaria que fosse o lindo rubor do Sol refletido, unido àquele requiem no vinil, que lhe entorpecia a face, e que, nitidamente, transportava-a para uma desconhecida dimensão. Digo desconhecida, para não ser ousado e intrometido, e desmascarar, sem sentido, todas as causas daquele estático movimento. E continuava vaga de tudo. Cheia do mudo Mundo.

O fato é que aquele torpor ia muito além das sensações puramente externas. Sim, os pedaços unidos formando traços desunidos, mexia com a sua fantasia – estímulo externo é sempre inevitável. E dizia para si mesma: “sois sóis”. Vez e outra, olhava escondida para si mesma. E baforava no espelho tingido, apenas para vê-lo embaçado, e vendo-o, pensava que assim devia estar sua mente naquele dia quente.

E lembrava-se da despedida. Daquela que ainda estava por vir. E com a testa franzida, rangia os dentes, irritada, só por saber que tudo e o todo não era seu. E nem meu. De ninguém. Fora sempre deveras prática. Muito prática. Circunstância nenhuma a deixava sem ação. Entretanto aquela daquele derradeiro instante. Aquele que nem chegara.

Então lembrava-se daquele fino homem. Daquele olhar cabisbaixo e, aparentemente, desatento. Porém, que em ligeiros movimentos, parecia vomitar, pelo silêncio de seu olhar, alma e coração. Daquela mania feia, mas que tanto lhe atraia, de roer o canto das unhas. Ai, aquele olhar parecia adentrá-la. E aquelas palavras sutis, que a atingiam mais forte que qualquer sedução; aquela inteligência nobre, que somente a vida vivida proporciona…

Não se importava com os 25 anos de diferença.

Texto: Gauche

Anúncios

Read Full Post »